Além de eleger o governador, PCdoB se fortalece na Câmara e na Assembleia

Rubens Jr. eleito para Câmara Federal. Cutrim e Othelino reeleitos. Partido ainda ganhou a eleição de Marco Aurélio.

Rubens Júnior eleito para Câmara Federal. Cutrim e Othelino reeleitos. Partido ainda ganhou a eleição de Marco Aurélio.

O PCdoB no Maranhão sai das eleições 2014 ainda mais fortalecido. Além de eleger o primeiro governador da sigla, o partido levou três nomes à Assembleia Legislativa e um à Câmara Federal. Para o Secretário de Organização do partido, José Oliveira, o crescimento e fortalecimento da legenda foi fruto de um trabalho intenso em prol das causas democráticas.

“Esse resultado está intimamente ligado ao projeto político-eleitoral que o PCdoB encabeçou no Estado”, disse o militante que presidiu o partido no Estado por dois anos e que compõe os quadros partidários desde a década de 1970.

A trajetória do partido no Maranhão acumula várias conquistas, expansão e reconhecimento político. Com protagonismo na luta pelo fim do modelo político oligárquico, a legenda esteve no centro do “Partido do Maranhão” – que representou a união de 9 partidos pela superação do modelo de política oligárquica que se instalou no Maranhão.

Com 92 anos de história de lutas e contando com mais de 100 vereadores, 15 vice-prefeitos, 5 prefeitos e 3 deputados estaduais, pela primeira vez elegeu três nomes para o Parlamento Estadual e um para a Câmara Federal, além do comando do Poder Executivo.

Essa trajetória representa a participação ativa da legenda na luta em favor dos trabalhadores e por melhores condições de vida a todos os cidadãos do estado.

Wellington do Curso homenageia professores e reafirma compromisso com a Educação‏

wellO deputado estadual eleito Wellington do Curso (PPS) promoveu homenagem aos professores, em especial aos do Maranhão, que
sempre trabalham com amor, determinação e dedicação, mesmo tendo que enfrentar tantas falhas no sistema educacional.

Para Wellington, a melhor forma de homenagear os professores maranhenses é intensificar políticas públicas para melhorar a qualidade do ensino no Maranhão, valorizar os profissionais da Educação com melhores salários, capacitação profissional, melhores condições de trabalho e ampliar o acesso das crianças, jovens e adultos aos diversos níveis de ensino.

“Ser professor é promover o saber universal, especializar políticos, médicos, cientistas, técnicos, administradores, artistas… Eu tive a felicidade de conhecer e conviver com excelentes professores durante toda a minha trajetória de vida. Ao homenageá-los, homenageio a todos os educadores convicto de que eles são as vigas mestras que sustentam nossa sociedade e projetam um futuro radiante. O professor é um missionário da fé, da esperança, da justiça e da liberdade”

Para o empresário, ser professor é ter a capacidade de “sair de cena, sem sair do espetáculo”.

Com informações da assessoria. 

Concursos do Detran-MA e Polícia Civil têm validades prorrogadas

concursopublicoA Secretaria da Gestão e Previdência (Segep) informa que foi prorrogado por 1 ano, o prazo de validade dos concursos públicos do Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran/MA) e da Polícia Civil.

No caso do Detran/MA, cujo concurso foi regido pelos editais nº 2 e nº 3, de 16 de abril de 2013, para provimento dos cargos de Analista de Trânsito e de Assistente de Trânsito do quadro permanente dos servidores do órgão,a prorrogação foi estabelecida por meio de decretos do Poder Executivo.

Também foi decretada a prorrogação, por um ano, do prazo do concurso público para provimento dos cargos de Auxiliar de Perícia Médico Legal, Escrivão de Polícia, Farmacêutico Legista, Investigador de Polícia, Médico Legista, Odontolegista e Perito Criminal, do Quadro de Cargos Estatutários do Poder Executivo, para a Secretaria de Estado da Segurança Pública, de que trata o edital nº 2, de 10 de outubro de 2012.

Amigos de Brunno Matos promovem caminhada pela paz

convite de BrunoFamiliares e amigos de Brunno Matos, advogado de 29 anos que foi cruelmente assassinado na madrugada do último dia 06, convidam toda a sociedade ludovicense para participar de uma caminhada para reforçar o pedido de paz e justiça pela morte de Brunno. (Relembre o caso).

A caminhada acontecerá nesta sexta-feira (17), às 15 horas, com concentração na Praça João Lisboa. Depois, percorrerá toda a Rua grande, até à Praça Deodoro, onde haverá um ato de protesto contra os altos índices de violência na cidade de São Luís, que já ceifou a vida de centenas de pessoas.

Segundo pesquisas feitas pelo Jornal Pequeno, no mês de setembro deste ano, foram registrados 81 homicídios somente na grande Ilha, que incluem as cidades de São Luís, São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa. Desse total, 38,3% eram jovens entre 15 e 24 anos.

A organização do evento pede para as pessoas irem vestidas prioritariamente de branco.

Graziella garante que governo atenderá todos os pedidos da comissão de transição

reuniaoA secretária chefe da Casa Civil, Anna Graziella, afirmou que todos os questionamentos da equipe de transição do governo eleito serão respondidos. Após a reunião, a secretária afirmou que será constituída uma equipe por parte do governo para levantar e fornecer as informações solicitadas pela equipe de transição de Flávio Dino.

Na reunião, foram apresentados os integrantes da comissão de transição do governo eleito e entregue documento solicitando informações sobre as ações do atual governo.

Essa foi a primeira de uma série de encontros que visam o diálogo entre as equipes e que deve durar até o final do ano, quando já estiver decidido, por definitivo, o processo de transição para o próximo ano.

Graziella diz que espera que a transcorra com tranquilidade. “Nós atenderemos a todos os pedidos solicitados pela equipe que aqui esteve. A determinação da governadora Roseana Sarney é para que façamos tudo de maneira transparente. Tudo o que o Governo do Estado realiza é de conhecimento público”, afirmou.

Cassada decisão que obrigava Município a interditar unidades mistas

Procurador geral, Marcos Braide, conseguiu manter funcionamento das Unidades Mistas

Procurador geral, Marcos Braide, conseguiu manter funcionamento das Unidades Mistas

O Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) suspendeu os efeitos de uma liminar concedida pela Vara de Interesses Difusos e Coletivos da Capital e determinou que a Prefeitura de São Luís está desobrigada de interditar para reforma as quatro Unidades Mistas do Município (Bequimão, Coroadinho, São Bernardo e Itaqui-Bacanga).

A decisão do TJMA foi baseada em documentos juntados à ação, como os autos da inspeção realizada à época, que comprovaram o cumprimento de cerca de 90% das determinações da Justiça pela Prefeitura de São Luís. Além disso, no entendimento do TJMA, a interdição para realização das reformas poderia causar séria lesão à saúde pública, uma vez que as unidades mistas já contavam com uma elevada demanda.

Considerando os argumentos do Município, o Tribunal de Justiça entendeu que as unidades mistas realizam um relevante serviço à população, ao mesmo tempo em que funcionam como apoio aos Hospitais Municipais Djalma Marques (Socorrão I) e Clementino Moura (Socorrão II).

O procurador geral do Município, Marcos Braid, lembrou que, em caso semelhante, o TJMA já havia cassado outra decisão que determinava a interdição do Socorrão II. “Esse processo é antigo e a realidade hoje é bem diferente da época da propositura da ação”, declarou.

Equipe de transição de Flávio solicita informações à chefe da Casa Civil

Reunião da equipe de transição com secretária chefe da Casa Civil

Reunião da equipe de transição com secretária chefe da Casa Civil

Flávio Dino enviou nesta terça-feira (14) ofício endereçado à governadora Roseana Sarney oficializando os nomes que farão parte de sua equipe de transição. Ao lado de Marcelo Tavares e Márcio Jerry (que haviam sido anunciados pelas redes sociais como secretários do novo Governo), atuarão os advogados Carlos Eduardo Lula e Rodrigo Lago. À medida que os nomes indicados para as Secretarias do novo Governo forem anunciados, estes também auxiliarão na transição nas repectivas pastas.
No primeiro ato, a Equipe de Transição visitou o Palácio dos Leões (sede do Governo do Estado) e conversou com a coordenadora designada por Roseana Sarney para conduzir a transição por parte do Governo que finda em 31 de dezembro deste ano.

 

Ofício com pedidos de informações ao governo

Ofício com pedidos de informações ao governo

A equipe de Flávio Dino entregou em mãos à atual chefe da Casa Civil, Anna Graziella, o pedido formal de informações que ajudarão o próximo governo a planejar os primeiros dias, para que a população não seja prejudicada com a troca de governos.
Ao final da reunião, Marcelo Tavares declarou que outras reuniões devem acontecer para reunir as informações requisitadas ao Governo do Estado, entre elas o andamento do Programa Viva Maranhão, cujo financiamento é feito pelo Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).
Entre os principais pedidos do primeiro ofício da equipe de transição de Flávio Dino estão:
Informações orçamentárias de 2013 e 2014;

Tamanho da folha de pagamento do Estado;

Relatório da Lei de Responsabilidade Fiscal de 2014;

Demonstrativo das obras em andamento;

Dívida Pública do Estado;

Resumo dos principais programas executados por cada Secretaria;

Relatório com informações detalhadas sobre hospitais em funcionamento, não entregues ou não concluídos.

Começaram os cortes: Ribamar Corrêa fora de O Estado do Maranhão

Ribamar Corrêa ao lado de Sarney

Ribamar Corrêa ao lado de Sarney

Pouco mais de uma semana após a eleição, a direção do sistema Mirante de Comunicação começou a redução de custos, já imaginando não contar com as benesses dos recursos públicos à vontade a partir do ano que vem. A primeira baixa foi o diretor de Redação de O Estado do Maranhão, Ribamar Corrêa.

Corrêa foi demitido nesta terça-feira (14). Clóvis Cabalau, que era coordenador de Redação, assume a direção.

A informação oficial dentro do EMA, é que Corrêa “não se adequava a nova linha da direção”.

Homenagem ao filme “Muleque té doido!” na Câmara Municipal

Atores do filme em homenagem promovida pelo vereador Lisboa

Atores do filme em homenagem promovida pelo vereador Lisboa

Através de uma proposição de autoria do vereador Prof. Lisboa (PCdoB), a Câmara Municipal de São Luís realizou, nesta terça-feira (14), uma sessão solene para homenagear a equipe técnica do filme maranhense “Muleque té doido!”, que estreou dia 26 de junho deste ano nas grandes salas de cinema da capital. Em apenas quatro semanas, o longa-metragem bateu todos os recordes de bilheteria de todos os tempos do cinema maranhense, com um público de mais de 14 mil espectadores. Na ocasião, também foram entregues placas de homenagem ao ator, diretor e roteirista do filme, Erlanes Duarte, e à diretora de produção, Diana Lima, que representou os demais integrantes da equipe técnica.

“Muito mais que homenagear a equipe técnica e os atores, nós quisemos, sobretudo, homenagear a cidade de São Luís”, afirmou o vereador Prof. Lisboa, em seu discurso. Segundo ele, a cidade possui características únicas, que, se forem realmente exploradas, a tornam, potencialmente, uma das maiores canalizadoras de recursos para a área turística. O parlamentar observa que, de todas as produções cinematográficas e televisivas já feitas no Maranhão e, sobretudo, em São Luís, o filme “Muleque té doido!” é a produção que melhor divulgou as belezas arquitetônicas e a riqueza cultural da capital ludovicense. “Pelo cenário maravilhoso e pela atuação digníssima do elenco do filme, todos são merecedores do nosso aplauso e carinho, que nós abracemos a produção e que os homenageemos, assim como à cidade de São Luís e ao seu povo, para que esses valores sejam substanciados e consubstanciados, para que nós cresçamos e apareçamos no cenário nacional, com todo o orgulho de sermos maranhenses e ludovicenses”, complementou Prof. Lisboa.

Após o recebimento da placa de homenagem, o ator, diretor e roteirista do longa-metragem, Erlanes Duarte, agradeceu ao Legislativo Municipal pela honraria: “O filme nasceu da paixão pelo cinema e da necessidade de retribuição a esta cidade que nos proporciona tantas vitórias gloriosas, como a que está acontecendo aqui, neste momento. Uma homenagem feita pela Câmara de Vereadores de São Luís, a Casa do Povo, que tem tamanha representatividade em nossas vidas. Quero agradecer grandemente e externar, em nome de toda a minha equipe, a alegria e felicidade de receber esta homenagem que espelha o sucesso que estamos alcançando, a cada dia, dentro e fora do Maranhão”.

Ao apoiar Aécio, Marina implodiu dois partidos: o PSB e a Rede

Jânio de Freitas, da Folha de S. Paulo

marinasilvaA adesão de Marina Silva a Aécio Neves é o seu caminho convencional, mas, para formular os argumentos vazios que invocou, não precisava de tantos dias, bastavam minutos. Além disso, Marina já tem convivência bastante com a política para saber que nenhuma condição exigida de Aécio tem valor algum: se eleito e por ela cobrado, não esqueceria o velho refrão político “as circunstâncias mudaram”. Ao espichar as atenções por mais uns dias, no entanto, Marina instalou a implosão em dois partidos. Um feito, sem dúvida.

A demora de Marina proporcionou tempo para que uma ala do Partido Socialista Brasileiro, com o estandarte da viúva de Eduardo Campos, articulasse o abandono da linha tradicional do partido, de centro-esquerda, e a necessária derrubada dos dirigentes mais identificados com o PSB. Novo rumo: adesão a Aécio.

Em termos partidários, é como se o PSB fosse extinto, com uma descaracterização que preserva apenas o nome e a sigla. Não de todo, aliás, com o humor já se referindo ao “novo PV”: não de Partido Verde, mas Partido da Viúva.

O manifesto “A favor da nova política” tem argumentos consideráveis e reúne, em corrente própria, os que se integraram à Rede Sustentabilidade, partido de Marina, para construir novos modos de fazer política. E consideram a adesão a Aécio, decidida por Marina, “grave erro” e contrária ao “projeto original da Rede Sustentabilidade”, ao torná-la “parte da polarização PT x PSDB”. A adesão agrava-se porque Aécio, diz o manifesto, tem “integração orgânica à desconstituição de direitos, aos ruralistas e ao capital financeiro”, três frentes a que a Rede se opõe por princípio.

Para contornar a reação de correligionários valiosos, Marina Silva precisará de argumentos melhores do que lhe bastaram para aderir ao candidato do PSDB, em vez de “rejeitar as duas candidaturas”. Rede se remenda. O PSB, não.