Ação policial continua; 27 presos até agora por ataques

bandidospresos

Na tarde desta sexta-feira (20), outros seis suspeitos foram identificados por participação em incêndios a coletivos em São Luís. Eles foram presos a partir das investigações do serviço de Inteligência da Polícia Civil e incursões de grupamentos da Polícia Militar no Bairro do anjo da Guarda.

Desde o início das operações realizadas pelo Governo do Maranhão e executadas por meio da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP), iniciadas logo após os primeiros incêndios, 27 pessoas já foram identificadas e presas, algumas delas em flagrante e com acusações de participação nos ataques de 2014.

“Estamos em uma ação ininterrupta desde as primeiras informações sobre esses ataques. Já nas primeiras horas acionamos todo o recurso ostensivo e agora implementamos mais recursos para cobrir toda a região metropolitana e garantir a tranquilidade e o direito de ir vir da população”, declarou o secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, ainda nas primeiras horas da manhã, no início das operações.

De acordo com a Secretaria de Segurança, os ataques foram promovidos por facções criminosas que nos últimos 17 meses têm sido veementemente enfrentadas pelo Governo Estadual. A secretaria também já garantiu que não recuará e manterá todas as equipes na rua, para garantia da segurança da população.

“A polícia ficará integralmente mobilizada para manter esse reforço o tempo que for preciso. Policiais e praças que estavam de folga se apresentaram, mostrando o claro compromisso da Polícia Militar com os cidadãos”, afirmou o coronel Frederico Pereira, comandante geral da PM do Maranhão.

Polícia captura chefe do Bonde dos 40 na Liberdade

Atuação forte da Polícia na noite de ontem

Atuação forte da Polícia na noite de ontem

Durante as incursões da Senarc e SEIC na manhã desta sexta-feira (20), a Polícia Civil conseguiu localizar e prender o homem identificado como Daniel, no bairro da Liberdade. Ele seria o chefe da facção conhecida como Bonde dos 40 naquele bairro. Com ele foi apreendida quantidade considerável de cocaína.

A Polícia Civil e o serviço de inteligência têm tido papel fundamental neste momento de crise. O secretário estadual de segurança Jefferson Portela afirmou que os mandantes e executores estão presos e outros sendo procurados. “O estado não permitirá esses ataque vis, covardes e a força policial irá prevalecer”.

Portela afirmou que o serviço de inteligência já identificou a maioria dos envolvidos nas ruas e confirmou participação de presos na articulação das ações. “Vamos apurar ao final do inquérito, mas temos já os nomes de grande partes dos envolvidos, internos ou em liberdade na região metropolitana”, afirmou.

MPF denuncia Belezinha por crime ambiental em Chapadinha

Belezinha promove extração de areia e cascalho sem a devida licença ambiental

Belezinha promove extração de areia e cascalho sem a devida licença ambiental

O Ministério Público Federal (MPF) denunciou a prefeita do município de Chapadinha (MA), Ducilene Belezinha, por crime ambiental ao explorar irregularmente recursos minerais por meio da extração de areia e cascalho sem a devida licença ambiental. O município de Chapadinha tem cerca de 77 mil habitantes e fica há 246 quilômetros de distância da capital maranhense, São Luís.

Segundo a denúncia oferecida pelo procurador regional da República Ronaldo Albo, fiscais do Departamento Nacional de Produção Mineral do Estado do Maranhão (DNPM/MA) identificaram atividade de lavra de areia e cascalhos sem licença ou autorização, na localidade de Santa Clara, município de Chapadinha. Toda a produção era vendida para a loja de material de construção Comercial Júnior ao preço de R$ 36,00 por metro cúbico.

Em sua defesa, a prefeita afirmou que praticou o serviço de remoção de areia e cascalho em Santa Clara enquanto ainda possuía a licença ambiental, expedida pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema). Entretanto, como os recursos minerais são bens da União, haveria a necessidade de autorização expedida pelo DNPM, que não foi expedida.

Durante a perícia ficou constatada a extração de 7.161,75 m³ de recursos minerais, cujo valor de uso direto foi estimado em R$ 267.133,28, sendo que o custo da recuperação da área degradada foi estimado em R$ 3.019,70, totalizando R$ 270.152,98 de custo mínimo de reparação do dano ambiental. Até o oferecimento da denúncia, não havia sido verificada nenhuma atividade de recuperação da área pela prefeita.

A denúncia tramita no Tribunal Regional Federal da 1ª Região, em Brasília. Se condenada a prefeita Maria Dulce Pontes Cordeiro poderá cumprir pena que vai de um a cinco anos mais multa.

Já são 14 presos por ataques a ônibus em São Luís

Ônibus atacado na Raposa.

Ônibus atacado na Raposa.

Até o momento, já foram 14 bandidos presos pelos ataques a ônibus em São Luís. Um adolescente foi apreendido. A cúpula da segurança pública estadual irá apresentar os presos e falar sobre as ações às 14h30, na sede da Secretaria Estadual de Segurança Pública.

Os criminosos atacaram nos bairros Jardim Tropical, Vila Cafeteira (Maiobão) e na região da Marly Abdalla e Cidade Verde. Mais tarde, atacaram no Viva do município da Raposa. Logo após os ataques, a Polícia agiu rápido tomando conta das ruas da capital e prendendo suspeitos.

A inteligência da Polícia afirma já ter conhecimento sobre os autores intelectuais das ações e controla a situação neste momento. A operação segue e o aparato policial segue forte nas ruas.

Mais um ataque

No início da manhã desta sexta-feira (20), houve mais um ataque. Desta vez na Avenida Santos Dumont, em um ônibus da linha São Bernardo-João de Deus. Os bandidos tentaram atear fogo, mas o motorista conseguiu controlar as chamas com o extintor de incêndio.

Polícia prende suspeitos de ataques a ônibus

IMG-20160519-WA0035

A polícia prendeu sete suspeitos de ataques aos ônibus durante a madrugada. São cinco homens, duas mulheres e um adolescente, que foi apreendido. Os nomes não foram divulgados, mas dois teriam participado dos ataques de 2014.

Em nota, o governo do estado diz que “os bandidos que determinaram e executaram tais ações já foram localizados e sofrerão as penas previstas em lei”.

O excecutivo também afirmou que “uma das técnicas dos bandidos envolve a disseminação de pânico por mensagens falsas via aplicativo de trocas de mensagens (WhatsApp), exatamente para tentar mostrar força diante da firme ação do Estado”.

NOTA OFICIAL

Os episódios de incêndios criminosos a ônibus estavam há mais de 17 meses sem ocorrer. Neste período, foi feita a opção clara de enfrentar as facções criminosas, resultando em sucessivas apreensões de grande quantidade de armas e drogas. Além disso, o Estado recuperou sua autoridade sobre o sistema penitenciário.

Tais medidas geram reações de vários tipos, entre os quais eventos como os de ontem.

Informamos que os bandidos que determinaram e executaram tais ações já foram localizados e sofrerão as penas previstas em lei.

Além disso, tranquilizamos a todos em face de grande mobilização das forças de segurança realizada desde ontem e que continuará hoje, inclusive no período noturno.

Alertamos que uma das técnicas dos bandidos envolve a disseminação de pânico por mensagens falsas via aplicativo de trocas de mensagens (WhatsApp), exatamente para tentar mostrar força diante da firme ação do Estado.

Pedimos que as pessoas de bem não espalhem tais mensagens, baseando-se apenas nas informações e orientações emanadas das autoridades policiais.

O Governo do Estado tem investido muito no fortalecimento das nossas Polícias, com mais policiais, armas e viaturas. Esse processo é contínuo e progressivamente vai resultar no fim dessas ações de grupos de crime organizado que, infelizmente, atuam há muitos anos no Maranhão.

A força da lei, das pessoas de bem e da Polícia  vai vencer.

São Luís, 20 de maio de 2016
Governo do Estado do Maranhão

Sindicato dos Rodoviários: ônibus irão circular normalmente nesta sexta

onibusO presidente do Sindicato dos Rodoviários do Maranhão, Isaías Castelo Branco, informou, em entrevista ao programa Comando da Noite, da Rádio Timbira, que os ônibus sairão normalmente das garagens nesta sexta-feira (20).

Muito se especulou que haveria paralisação por conta dos ataques de criminosos na noite desta quinta-feira (19). Os ônibus foram sendo recolhidos assim que começaram os ataques.

Os ônibus voltam a circular às 5h. Porém, às 7h, haverá uma reunião para decidir sobre a possibilidade de paralisação. “Assim que soubemos do episódio, começamos a convocar toda a diretoria para se deslocar até as garagens e orientar os trabalhadores a recolherem os ônibus. Nesse momento temos que garantir a integridade de motoristas, cobradores e usuários do transporte público”, afirmou Isaías Castelo Branco.

Leia também: Facções promovem atentados a ônibus em São Luís

Facções promovem atentados a ônibus em São Luís

IMG-20160519-WA0034Bandidos voltaram a promover atentados em São Luís. A secretaria de segurança pública confirmou três incêndios a ônibus e duas tentativas promovidas por facções criminosas na noite desta quinta-feira (19) em São Luís.

Os ataques aconteceram nos bairros Jardim Tropical, Vila Cafeteira (Maiobão) e na região da Marly Abdalla e Cidade Verde. Houve uma ocupação policial na Vila Cafeteira mais cedo e os ataques seriam uma reação dos criminosos.

O quinto atentado ocorreu no Viva do Município de Raposa, na região metropolitana de São Luís. Todo aparato policial está mobilizado na cidade.

Oficialmente, as empresas não estariam retirando os ônibus de circulação, mas muitos motoristas, por medo, estão ficando nas garagens e os ônibus fora de circulação.

Um policial foi baleado esta noite, mas em virtude de uma confusão não tendo relação com os ataques. Ele se encontra no Socorrão 2.

IMG-20160519-WA0035

Atualizado às 23h para acréscimo de informações.

Política maranhense em notas

PSDB já não esconde aliança

brandaoelizianeO PSDB já não esconde a aliança com a deputada federal Eliziane Gama. O vice-governador Carlos Brandão e presidente estadual do PSDB esteve em Brasília ao lado da deputada Eliziane. O acordo está fechado e os tucanos indicarão o vice na chapa de Eliziane, que deve ser o suplente de senador, Pinto Itamaraty. O anúncio oficial deverá ser na próxima semana. Castelo também está fechado com a popular-socialista. Já Neto Evangelista, deverá sofrer a rasteira do partido.

Brandão como ponte

carlosbrandaoPor falar em Brandão, além do próprio governador Flávio Dino, que já mostrou que terá diálogo com o novo governo, o vice-governador também demonstrou fundamental importância como interlocutor com os ministros tucanos. Esta semana o presidente do PSDB-MA esteve com o senador Aécio Neves, presidente nacional da sigla, e em visita de cortesia aos ministros tucanos José Serra e Bruno Araújo para ampliar e fortalecer esse debate. Segundo ele, irão colaborar muito com o governo dinista.

O “Papi” de Fufuquinha

fufuquinhaepapiO deputado federal Júlio Delgado (PSB-MG) durante sessão do Conselho de Ética nesta quinta-feira (19) revelou como o deputado maranhense André Fufuca (PP-MA) chama o presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha. Fufuquinha chama o presidente afastado de “papi” nos corredores do parlamento. O presidente do PP maranhense ficou uma fera com a revelação.e disse que Delgado é “um verdadeiro moleque” e “um exemplo de que até os canalhas envelhecem”. Ele retrucou afirmando que Fufuca não tem autoridade, nem representatividade para fazer essas acusações.

Greve não é por melhorias

educaçãoNão é por melhorias a categoria que o Sindicato exige a greve dos professores de São Luís. Afinal, dificuldades existem, mas melhorias já foram realizadas pela gestão Edivaldo Holanda Júnior aos professores. Ao longo da gestão Edivaldo, o aumento salarial oferecido aos professores já soma 28,43%. Também foram implantados mais de 11 mil direitos estatutários para a categoria – o maior programa de implantação de direitos na história do estatuto do magistério.

Intransigência e política

Ao que tudo indica, é intransigente a atitude do Sindicato dos Professores de São Luís em deflagrar uma greve em plena crise financeira. Dos 11,36% exigidos de aumento, a Prefeitura já garantiu 10,7% em contrapartida. Uma eventual greve de professores nesse contexto seria motivada mais pela disputa interna e política entre os dois grupos do que pelo efetivo interesse em garantir direitos e bons salários aos professores.

Manutenção de políticas sociais

SUAS 2O deputado Weverton Rocha (PDT-MA) entrou na briga pela manutenção de políticas sociais no governo Temer. O líder da bancada do PDT recebeu representantes do Fonseas, Congemas, CNAs e Funasuas, órgãos que integram o sistema de Assistência Social do país. Em pauta, a grande preocupação com o iminente desmonte do Sistema Único de Assistência Social (Suas) que o governo interino de Michel Temer avalia realizar seguindo o discurso do Estado Mínimo. “O discurso do Estado Mínimo e de enxugar a máquina, não pode colocar de lado a visão social que incluiu milhões de brasileiros”, afirmou.

Em encontro de governadores, Flávio Dino defende continuidade das políticas sociais

IMG_1107

O governador Flávio Dino e outros oito governadores do Nordeste dialogaram nesta quinta-feira (19), em Maceió, sobre a posição da região diante da atual conjuntura política do país. No encontro, o governador do Maranhão defendeu a unificação da pauta do Nordeste, na defesa das instituições democráticas e da manutenção das políticas sociais.

A defesa da continuidade das políticas sociais e culturais do Brasil, para garantir a permanência do desenvolvimento da região foi o centro da pauta apresentada pelos administradores estaduais, que resultou numa Carta que deverá ser entregue ao presidente interino Michel Temer. A oposição à extinção do Ministério da Cultura e a defesa da permanência do PAC e do programa “Minha Casa, Minha Vida” estão no centro do documento assinado pelos governadores.

“Defendemos a conquista que o Nordeste teve nesses 13 anos, na defesa de questões políticas bem concretas, de modo que essa Carta representa uma visão programática acerca de quais são os caminhos principais para o Brasil”, disse o governador Flávio Dino.  “Pela própria repercussão desse tipo de manifestação uniforme de nove governadores espera-se que haja algum tipo de diálogo institucional com esse governo interino, representado por Michel Temer ”, continuou.

IMG_1119Acesso a financiamentos internos e externos, continuidade de investimentos em infraestrutura e convênios – a exemplo dos convênios firmados pelo programa “Minha Casa, Minha Vida” –, financiamento da Saúde Pública, investimentos na política nacional de Segurança Pública, com atenção ao sistema prisional e à necessidade de criação de sistema unificado de estatísticas, e reforço das ações das políticas culturais – com manutenção das políticas de incentivo à cultura para a preservação e promoção do patrimônio cultural e da memória brasileira – foram os temas apresentados como prioritários para os Estados nordestinos.

“Que possamos todos juntos encontrar saídas para a crise econômica que assola o país, devolvendo ao país capacidade de investimento, retomada da geração de empregos, e, consequentemente, mais um círculo virtuoso para a nossa economia”, disse o governador de Alagoas, Renan Filho.

A definição dos temas fundamentais para o desenvolvimento do Nordeste resultou na assinatura de uma Carta dos Governadores do Nordeste, que se manifestam respeito à democracia, às questões federativas, e defendem a união e o diálogo entre as forças políticas nacionais em favor da continuidade das políticas sociais.

Como consequência política deste momento, os governadores acordaram que é urgente a manutenção do diálogo, reiterando também, a defesa dos investimentos públicos e o apoio à investigação e punição de todas as denúncias de corrupção. Segundo a carta, “é necessário que os estados brasileiros sejam ouvidos em todas as discussões de ajustes fiscais; que as PECs que tratam da questão dos depósitos judiciais dos precatórios sejam celeremente aprovadas no Congresso Nacional; que haja redução de incentivos fiscais como forma de enfrentamento da crise; liberação das operações de crédito para a retomada da capacidade de crescimento; e atendimento prioritário às crianças com microcefalia no acesso às políticas sociais”.

Prioridades

O governador Flávio Dino tem, ao lado dos outros oito governadores da região, defendido, reiteradamente, as pautas prioritárias para o desenvolvimento econômico e social da região. A rediscussão dessas pautas é consequência da necessidade de reposicionamento da região diante do novo cenário político do país.

PSB/MA realiza debate com seus pré-candidatos à prefeitura de São Luís

PSB maranhense coloca candidatura em São Luís em debate. Bira e Roberto Jr. disputam indicação.

PSB maranhense coloca candidatura em São Luís em debate. Bira e Roberto Jr. disputam indicação.

A direção estadual do PSB realiza na manhã deste sábado (21), às 9h, um debate com os dois pré-candidatos à prefeitura de São Luís pelo partido, no Plenário Gervásio Santos da Assembleia Legislativa do Maranhão. O evento, coordenado pelo presidente da sigla no estado, Luciano Leitoa, poderá ser decisivo na definição do nome que o partido indicará para as eleições deste ano.

O PSB Nacional já definiu como diretriz candidatura própria em algumas cidades brasileiras. Dentro da lista, segundo afirmou o próprio presidente nacional, Carlos Siqueira, São Luís é prioridade. Aqui, os socialistas têm duas pré-candidaturas postas.

A primeira é a do deputado estadual Bira do Pindaré, que foi indicada pelos Segmentos Sociais e defendida durante Encontro Regional do PSB, que reuniu militantes de todas as regiões do Maranhão e contou com a presença do presidente Carlos Siqueira e do governador Flávio Dino.

Naquela oportunidade, Bira aceitou o convite e, recentemente, lançou o movimento chamado ‘Diálogos por São Luís’ para, ao lado da militância socialista, ouvir as pessoas sobre os problemas que enfrentam na cidade e propor soluções.

A segunda candidatura posta é a do vereador da capital Roberto Rocha Júnior, filho do senador Roberto Rocha – também filiado ao PSB.